“Dupla delícia! O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado”. Mário Quintana

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dica de leitura: "Uma professora muito maluquinha"

Uma professora muito maluquinha
de Ziraldo


Ziraldo comemora, com este livro, o 15° ano de sua convivência com a Editora Melhoramentos, que começou quando, certa vez, uma professora sugeriu a ele que colocasse em um livro sério suas ideias sobre as relações dos adultos com as crianças. Como se fosse uma brincadeira, ele inventou o Menino Maluquinho. 

Agora, outras professoras tem pedido que ele transforme em livro suas ideias sobre a arte de ler e escrever e sobre as lembranças de uma professora que abriu seus olhos para o mundo. Como uma nova brincadeira, igualmente séria, eis o livro! Uma história narrada com a graça e a ligeireza de quem conta, alegremente, um filme e com a mesma criativa originalidade que vimos em O menino maluquinho. E que aqui aparece, renovada e luminosa. 

terça-feira, 28 de junho de 2011

Frase do dia - 28.06.11


Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito. Machado de Assis

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Dica de leitura: "Hamlet"

Hamlet
de William Shakespeare


Hamlet, de William Shakespeare é uma obra clássica permanentemente atual pela força com que trata de problemas fundamentais da condição humana. A obsessão de uma vingança onde a dúvida e o desespero concentrados nos monólogos do princípe Hamlet ddquirem uma impressionante dimensão trágica.

Nesta versão, Millôr Fernandes, crítico contumaz dos "eruditos" e das "eruditices" que - nas traduções - acabam por compreender o sentido dramático e poético de Shakerpeare, demonstra como o "Bardo" pode ser lido em português com a poderosa dramaticidade do texto original. Aqui, Millôr resgata o prazer de ler Shakespeare, o maior dramaturgo da literatura universal, em uma das suas obras mais famosas. 

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Dia de São João


O mês de Junho é caracterizado por danças, comidas típicas, bandeirinhas, além das peculiaridades de cada região. É a
 festa junina, que se inicia no dia 12 de Junho, véspera do dia de Santo Antônio e encerra no dia 29, dia de São Pedro. O ponto mais elevado da festa ocorre nos dias 23 e 24, o dia de São João. Durante os festejos acontecem quadrilhas, forrós, leilões, bingos e casamentos caipiras.

A tradição de comemorar o dia de São João veio de Portugal, onde as festas são conhecidas pelo nome de Santos Populares e correspondem a diversos feriados municipais: Santo Antônio, em Lisboa; São Pedro, no Seixal; São João, no Porto, em Braga e em Almada.

O nome “junina” é devido à sua procedência de países europeus cristianizados. Os portugueses foram os responsáveis por trazê-la ao Brasil, e logo foi inserida aos costumes das populações indígenas e afro-brasileiras.

A festa de São João brasileira é típica da Região Nordeste. Em Campina Grande, na Paraíba, a festa junina atrai milhares de pessoas. A canjica e a pamonha são comidas tradicionais da festa na região, devido à época ser propícia para a colheita do milho. O lugar onde ocorrem os festejos juninos é chamado de arraial, onde há barracas ou um galpão adaptado para a festa.

As festas de São João são ainda comemoradas em alguns países europeus católicos, protestantes e ortodoxos. Em algumas festas europeias de São João são realizadas a fogueira de São João e a celebração de casamentos reais ou encenados, semelhantes ao casamento fictício, que é um costume no baile da quadrilha nordestina.

Fonte: Brasil Escola

Frase do dia - 24.06.11


"Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro."
Henry David Thoreau

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dica de leitura: "Notícia de um sequestro"

Notícia de um sequestro
Gabriel García Márquez


"Antes de entrar no automóvel olhou por cima do ombro para ter certeza de que ninguém a espreitava. Eram sete e cinco da noite em Bogotá. Havia escurecido uma hora antes, o Parque Nacional estava mal iluminado e as árvores sem folhas tinham um perfil fantasmagórico contra o céu turvo e triste, mas não havia à vista nada a temer."

terça-feira, 21 de junho de 2011

Frase do dia - 21.06.11

“Meu filho, conforma-te com a vontade de Deus.” Pai de Brás Cubas em Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Dica de leitura: "Luzia-Homem"

Luzia-Homem
de Domingos Olímpio


A beleza de Luzia se opõe ao horror da seca. A cabocla desperta a paixão dos homens. Para possuí-la, o soldado Crapiúna está disposto a tudo. Se ela não for sua, não deve ser de ninguém. Luzia, porém, é valente. Vem daí seu apelido. Uma história de amor e ódio, de devoção e covardia, no sertão do Ceará, em 1878, é o que conta Domingos Olímpio neste romance forte.

O autor - Conhecendo a fundo a realidade do sertão, o autor de Luzia-Homem a retrata com objetividade. Domingos Olímpio nasceu em Sobral, Ceará, em 1850. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade do Recife. Foi jornalista, promotor público e deputado pela Assembleia provincial cearense. Transferindo-se para o Pará e o Rio de Janeiro, por questões políticas, exerceu a advocacia e escreveu sobre assuntos políticos e literários para diversos jornais. Morreu no Rio, em 1906.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Frase do dia - 17.06.11


Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende. Leonardo da Vinci

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Dica de leitura: "Anonymus Gourmet"

Anonymus Gourmet - Novas receitas
de J.A. Pinheiro Machado


Costela com molho de laranja, Loucuras de morango, Frigideira de Raviólis, Fios de carne com espaguete, Pernil derretido, Galinha dos 30 alhos. Neste livro você vai encontrar estas e mais uma centena de receitas apresentadas nos espaços do Anonymus Gourmet na RBS TV e TV Com.

Campeão de audiência, José Antônio Pinheiro Machado, advogado, jornalista, escritor e gourmet, propõe uma cozinha deliciosa, prática e sem mistérios.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Frase do dia - 15.06.11


"Conquistas sem riscos, são sonhos sem méritos. Ninguém é digno dos sonhos se não usar suas derrotas para cultivá-los." (Augusto Cury)

terça-feira, 14 de junho de 2011

Dica de leitura: "Avenida de Histórias"

Avenida de Histórias
de Henrique Schneider


A História de Novo Hamburgo é contada sempre com muita seriedade. A capital do calçado, a cidade do trabalho, a façanha do pioneirismo. É a história que se conta em livros.

Mas, construindo toda esta grande história, há uma enormidade de pequenos episódios - engraçados, ternos, curiosos, líricos, bem humorados - que concedem à cidade sua verdadeira e necessária dimensão humana. Uma história que se conta em risos.

Alguns destes fatos estão contados neste livro. A maioria deles já aconteceu mesmo; um ou outro talvez ainda esteja esperando para acontecer.

Mas não faz mal: afinal, este não é um livro de História. É um livro de histórias.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Frase do dia - 10.06.11

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Dica de leitura: "Poesia reunida 1965-1999"

Poesia reunida 1965 - 1999
de Affonso Romano de Sant'Anna


Sobre a poesia de Affonso Romano de Sant'Anna

"Seu poema fala não apenas da crise de identidade nacional, e do remédio para ela, mas da crise mítico-poética-religiosa que assombra o mundo. Você dá notícia do lugar onde dormem os deuses. E o seu poema é um cântico ritual para invocá-los e acordá-los. Nessa medida, é uma festa anti-orfandade." Hélio Pellegrino

"Affonso tem uma facilidade admirável para versificar e sabe fazer frases no bom sentido, a la Eliot, como temos poucos (...) Affonso está falando conosco. Muito poucos autores falam a nossa língua, a língua de gente, do concreto de nossas vidas (...) O lado esquerdo do meu peito é um livro a se ter na biblioteca, para quem ainda acredita na vida das palavras." Paulo Francis

"Depois de Basílio da Gama, de Santa Rita Durão, de Gonçalves Dias, de Alencar, de Raul Bopp, de Cassiano Ricardo, de Mário de Andrade, de Darcy Ribeiro, Affonso Romano de Sant'Anna retoma o tema indianista e o leva a um horizonte planetário, a que nenhum de seus predecessores o levou. Seu poema é um ponto alto em nossas letras." Tristão de Athayde

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Frase do dia - 08.06.11


"É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas." O Pequeno Príncipe

terça-feira, 7 de junho de 2011

Dica de Leitura: "Ana, Guto e o Gato Dançarino"

Ana, Guto e o Gato Dançarino
de Stephen Michael King


Ana podia pegar qualquer coisa e transformá-la em algo maravilhoso, mas ela não tinha coragem de mostrar às pessoas o que sabia fazer... até que Guto e o Gato Dançarino entram dançando em sua vida.

Neste divertido livro, Stephen Michael King celebra a alegria de sermos autênticos e libertarmos a imaginação.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Frase do dia - 06.06.11

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Dica de leitura: "Confissões de um peregrino"

Confissões de um peregrino
de Juan Arias - Entrevista com Paulo Coelho


Em julho de 1998, enquanto o Brasil parava para mais uma Copa do Mundo, o jornalista e escritor Juan Arias iniciou uma série de entrevistas com Paulo Coelho, atendendo a pedido da editora espanhola Planeta.

Em seu apartamento na praia de Copacabana, durante as longas conversas, Paulo Coelho abriu sua alma e revelou, com absoluta sinceridade, momentos dolorosos do seu passado. Da travessia pelos desertos das drogas às experiências com magia negra, da internação num manicômio ao sequestro e tortura durante o regime militar, Confissões de um peregrino é o relato emocionado e sem disfarces do escritor.

Com seu texto coloquial, que descreve em detalhes os encontros, Juan Arias faz de cada leitor um cúmplice desses momentos de mágica intimidade e nos ajuda a compreender melhor a alma desta figura fascinante que é Paulo Coelho.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Frase do dia - 1º.06.11


"Livros são os mais silenciosos e constantes amigos; os mais acessíveis e sábios conselheiros; e os mais pacientes professores." (Charles W. Elliot)